Siga-nos

Perfil

Expresso

Antes pelo contrário

PS: o apetecível ovo de Colombo

  • 333

O que os economistas do PS nos prometem é o ovo de Colombo: por via do complemento salarial e da redução da TSU para todos aumentam o rendimento dos trabalhadores ao mesmo tempo que reduzem os custos de trabalho das empresas. Enquanto transferem as despesas dos patrões para o Estado, cumprem todas as metas orçamentais impostas pela Europa. Como conseguem tudo isto? Imaginando taxas de crescimento muitíssimo superiores às previstas pelo FMI. E assim podem, como prometeram, acabar com a austeridade enquanto agradam a trabalhadores, patrões e credores. Sendo tão fácil, custa perceber como ninguém se lembrou. O objetivo pretendido é correto: apostar no crescimento do mercado interno por via de mais rendimento para os trabalhadores. Mas para lá chegar sem chatear ninguém o PS sonha com números impossíveis. Assim também eu.

Daniel Oliveira

Os economistas do PS apresentaram as suas propostas e previsões macroeconómicas. Os jornalistas apressaram-se a ligar o esquerdómetro e o direitómetro para saber para que lado caía o PS. Na realidade, o PS acerta, do meu ponto de vista (de esquerda), na necessidade de sair da austeridade por via do crescimento do mercado interno e do aumento do rendimento dos trabalhadores. Mas como não quer comprar guerras com ninguém, isso implicou uma enorme ginástica. Até com o rigor e com a verdade.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI