Siga-nos

Perfil

Expresso

Portugal: a Origem        

  • 333

A viagem de volta ao mundo de Giovane começa na cidade do Porto, norte de Portugal, onde existe a maior concentração de portadores de paramiloidose familiar e é lá que se irá encontrar com uma das maiores especialistas, a Doutora Teresa Leal Coelho. Em Lisboa, tomará o barco que o levará à India

A viagem rumo ao sentido da vida teve início. O avião cruzou as terras brasileiras, sobrevoou o oceano atlântico e invadiu o espaço aéreo de Portugal. A vista de Lisboa à noite é incrível, milhares de luzes iluminam as ruas que possuem uma história vasta a contar sobre os meus antepassados.

Conhecer a Europa através de Portugal torna a viagem mais fácil pois o idioma deixa as lembranças do Brasil vivas, sendo muito fácil se familiarizar com o país e as pessoas. Os dois países possuem uma ligação histórica, ver os monumentos, praças e os nomes de figuras conhecidas me remetem às aulas de história, tornando a estadia nostálgica. Ao mesmo tempo, estar num novo país, em outro continente, rumo ao desconhecido, torna a viagem excitante.

A ida para a cidade do Porto foi no aqui chamado Comboio, uma espécie moderna de trem e me fez comparar novamente Brasil com Portugal. Este tipo de meio de transporte é perfeito para paÌses com grandes extensões de terras, assim como o Brasil. Em poucas horas realizei uma confortável viagem entre Lisboa e Porto, o que me deixou revoltado com a situação do meu país e com inveja dos portugueses.

Ao chegar na cidade do Porto me deparei com o Rio Douro e suas diversas pontes. As casas e prédios próximos ao rio lembram Lisboa, possuindo uma diversidade de cores mas outras partes da cidade possuem um aspecto mais acinzentado com várias igrejas e prédios antigos. O Porto é uma cidade antiga, porém moderna, possui auto estradas modernas, um sistema de metro, bondes, e um turismo forte.

Em Lisboa a comida é muito boa, mas no Porto elas são muito melhores. Qualquer prato pedido vem em grande quantidade, deixando claro que Porto é uma cidade onde se come muito bem. Em quase todos os restaurantes um dos pratos do menu é a chamada Francesinha, que é uma mistura de vários tipos de carne empilhadas como se fosse um hambúrguer, mas cobertas com muito queijo, molho e um ovo frito.

A região do Rio Douro é incrível, sendo possível realizar passeios de barcos por entre as pontes da cidade até à foz do rio. Dentre as pontes, a que mais se destaca é a Dom Luis I que se parece com a Torre Eiffel. A foz do rio possui uma praia com grandes ondas e mar agitado. Ao parar na praia e olhar no horizonte o oceano atlântico sabia que do outro lado estava a América, porém com uma imensidão de água separando os dois continentes. E fiquei com saudades de casa.

Um dos grandes centros de estudo da Paramiloidose fica no Porto e eu tive a oportunidade de conhecer a Dra. Teresa. Foi muito importante para mim consultar a doutora, pois é uma d​as​ melhores especialistas sobre a doença.
Saber a opinião de profissionais especializados e realizar exames antes de viajar pelo mundo me deixou mais tranquilo para encarar minha jornada.

Tive a oportunidade de assistir a uma palestra da Dra. Teresa com alguns pacientes de PAF presentes na sala. Ver o depoimento de pacientes que optaram pelo transplante e de outros que optaram pelo remédio me fez questionar sobre qual será realmente o melhor tratamento para a doença e qual a opção a tomar. Dois pacientes que optem pelo mesmo tratamento podem ter reações bem diferentes. Portanto a escolha pelo transplante ou o remédio é algo muito pessoal e cabe ao paciente, com o auxilio do​ Médico ​ decidir.

De todos os momentos que vivi no Porto o mais memorável foi, ter ​tido ​o privilégio de, ver o coração do imperador Dom Pedro I do Brasil. Depois de 5 anos guardado a sete chaves o coração foi mostrado para um grupo pequeno de pessoas. Eu senti que aquele momento era único e nunca mais iria se repetir. Ao mesmo tempo que estava admirado com a cena e todo o cerimonial realizado também senti uma estranheza profunda, pois ali estava um coração de um homem que fez história no meu país.

Minha família chegou a Portugal para passar o Natal comigo. Senti que o fato de eu decidir fazer esta viagem também proporcionou a todos eles conhecerem outro paÌs, outro continente, e isso me deixou feliz. O fato de todos estarmos juntos na noite de natal me deu forças para seguir adiante e enfrentar o mundo e todas as suas diferenças. Juntos passeamos por Lisboa. Éramos nós 6 contra o desconhecido. Se a Aline estivesse conosco aí tudo seria perfeito, mas mesmo não estando sinto ela todo dia no meu coração.

Portugal vai deixar saudades, todas as noites enquanto voltava para o hotel parecia na verdade que estava retornando para a minha casa. O país é muito amigável e a paisagem é incrível. A diferença entre o povo português e o brasileiro é que os portugueses parecem viver sem muita esperança de uma vida melhor, parecem tristes, conformados com o futuro de um país que possui um passado repleto de história mas sem um roteiro para o futuro, como se toda a história de Portugal já tivesse sido escrita e O povo brasileiro, pelo contrário, possui uma esperança muito grande no o futuro e sonha com uma vida melhor, com um Brasil se tornando uma potência, isso talvez por sermos um país jovem com um futuro vasto pela frente.

Giovane na fachada da Casa da Música
1 / 18

Giovane na fachada da Casa da Música

Vista para o Porto
2 / 18

Vista para o Porto

No funicular. Porto
3 / 18

No funicular. Porto

Com a Dra Teresa Coelho, especialista em Paramiloidose Familiar
4 / 18

Com a Dra Teresa Coelho, especialista em Paramiloidose Familiar

A fazer o teste de sensibilidade nos pés
5 / 18

A fazer o teste de sensibilidade nos pés

O coração de Dom Pedro IV, Igreja da Lapa no Porto
6 / 18

O coração de Dom Pedro IV, Igreja da Lapa no Porto

Obra de VHILS na cidade de Vila do Conde, Giovane (à esquerda), o escritor Valter Hugo Mae (ao centro) e o diretor do documentário Miguel Gonçalves Mendes (à direita)
7 / 18

Obra de VHILS na cidade de Vila do Conde, Giovane (à esquerda), o escritor Valter Hugo Mae (ao centro) e o diretor do documentário Miguel Gonçalves Mendes (à direita)

O rosto de Valter Hugo Mae feito por VHILS e visto de cima, Vila do Conde
8 / 18

O rosto de Valter Hugo Mae feito por VHILS e visto de cima, Vila do Conde

No farol de Sagres
9 / 18

No farol de Sagres

Ponte 25 de abril em Lisboa
10 / 18

Ponte 25 de abril em Lisboa

No Cais das Colunas
11 / 18

No Cais das Colunas

Em frente ao hostel que nos patrocinou, Hostel The Indepentende
12 / 18

Em frente ao hostel que nos patrocinou, Hostel The Indepentende

No elétrico em frente ao Mosteiro dos Jerónimos
13 / 18

No elétrico em frente ao Mosteiro dos Jerónimos

Eduardo Lourenço, filósofo, e Giovane
14 / 18

Eduardo Lourenço, filósofo, e Giovane

Giovane com a família
15 / 18

Giovane com a família

No Rossio
16 / 18

No Rossio

Equipe pronta para partir em frente ao navio que nos ajudou nessa viagem até a Índia: à frente: Giovane Brisotto, o nosso herói. Atrás e da esquerda para a direita: Pedro Sousa (editor), Victor Rocha (assistente de realização), Daiane Brisotto, irmã de Giovane, Miguel Gonçalves Mendes (realizador) e Daniel Favaretto (produtor)
17 / 18

Equipe pronta para partir em frente ao navio que nos ajudou nessa viagem até a Índia: à frente: Giovane Brisotto, o nosso herói. Atrás e da esquerda para a direita: Pedro Sousa (editor), Victor Rocha (assistente de realização), Daiane Brisotto, irmã de Giovane, Miguel Gonçalves Mendes (realizador) e Daniel Favaretto (produtor)

No navio da Holland America Lines
18 / 18

No navio da Holland America Lines

Paragens
3
Porto, Portugal
4 Vila do Conde, Portugal
5 Porto, Portugal
6 Belmonte, Portugal
7 Lisboa, Portugal
8 Burgau, Portugal
9 Sagres, Portugal
10 Lisboa, Portugal

km percorridos 8.967
km a percorrer 47.779
Dias de Filmagens 37
Dias para o término da viagem169

  • "O Sentido da Vida" é o nome do novo filme de Miguel Gonçalves Mendes ("José e Pilar") e também o que se procura entender com esta viagem de volta do mundo, cujo diário de bordo pretende ser este blogue. Um registo dos relatos, impressões e experiências vividas em cada uma das paragens desta aventura que teve início em Lisboa e irá terminar no Polo Sul.