Siga-nos

Perfil

Expresso

Como são obtidos os números das manifestações?

  • 333

Em geral, são baseados em bitaites de políticos, comentadores ou dos próprios organizadores da manifestação e depois amplificados pela comunicação social. Ainda assim - embora não seja possível obter um valor preciso - poderiam ser estimados de forma mais exata.

O episódio desta semana é sobre estimativas, aqui está ele.

Na verdade, a estimativa do número de pessoas numa manifestação pode ainda ser melhorada se se tiver em conta a evolução da multidão ao longo do tempo. Em geral, as manifestações envolvem movimento de multidões, assim como a entrada e saída de pessoas - muitas pessoas não estão presentes durante todo o período da manifestação. Isto pode ser tido em conta analisando, por exemplo, o número de pessoas que passa por minuto em pontos-chave da zona onde a manifestação ocorre.

Porque é que em Portugal normalmente não há estimativas mais fiáveis do número de manifestantes, tal como acontece com as sondagens eleitorais ou os estudos de popularidade de políticos? Provavelmente porque não há quem financie esses estudos ou simplesmente porque não há essa tradição. O que é uma pena, porque permitiria que muitas discussões políticas fossem baseadas em dados mais objetivos, o que seria benéfico para o bom funcionamento da democracia.

O programa Isto é matemática tem o apoio da Fundação Vodafone Portugal. Se perdeu algum dos episódios das nossas primeiras temporadas, ou simplesmente para recordar, espreite e subscreva os nossos canais Youtube e Facebook