Siga-nos

Perfil

Expresso

Fictiongram

Tens um mau feitio desgraçado

  • 333

A mulher olhou para a filha adolescente.

O cansaço era tão grande que o silêncio lhes servia bem. Incompreendiam-se.

A mulher considerou a palavra, a sua impossibilidade no dicionário, o facto de ser adequada.

Espreitou a filha mais uma vez; ela que crescia a uma velocidade desconhecida, que fazia, dizia e pensava coisas desconhecidas. Queria fazer-lhe uma festa no rosto. Reatar. Ter a tal conversa que não fosse sempre igual.

A filha encarou-a, afastou a cortina dos cabelos, e mastigou a frase com toda a hostilidade que conhecia

 

Tens um mão feitio desgraçado, mãe