Siga-nos

Perfil

Expresso

Fictiongram

ela não te merece

  • 333

Tinham trabalhado a noite inteira, o relatório era crucial, tudo tinha de bater certo. Os accionistas estrangeiros chegariam pelas dez da manhã e, como sempre, a empresa estava a funcionar a mil à hora. A chegada dos accionistas estrangeiros, duas vezes por ano, ditava comportamentos em todos os departamentos. A chefe chegou às nove e meia, olhou para o trabalho feito e gritou

 

Querem que eu fique mal vista? Isto não serve. Comecem tudo de novo.

 

A equipa, que trabalhara toda noite, manteve-se em silêncio até que a mulher mais velha encolheu os ombros, ajeitou o casaco e, ignorando a superior hierárquica, disse

 

Ela não merece, mas vejamos o que ainda se pode fazer.