Siga-nos

Perfil

Expresso

Fictiongram

Dona Mariana

Dona Mariana veio a Lisboa a uma consulta. Deixou a casa arrumada. O jantar pronto: um pão, umas fatias de fiambre. Dona Mariana já não é nova. Na camioneta, rumo a Lisboa, pensa que seria melhor ter ficado na cama. O médico não lhe dirá nada de novo. Ou dirá e não será bom. Dona Mariana não suspira, já não tem ar para tanto.