Siga-nos

Perfil

Expresso

Onde Paulo é salvador

  • 333

Jaime tinha garantido a Carmen que devia tudo a Paulo.
“O meu irmão salvou-me. Não preciso dizer mais do que isto. Se não fosse o Paulo nunca teria feito nada da vida.”
E depois contou, em resumo, por lhe ser tão difícil falar da mãe, da infância, da adolescência, de como acabaram por ficar sozinhos de novo.
Laura encontrou uns amigos de juventude. Iam a França, visitar uns familiares, ela podia ir, porque é que não ia? E ela, contente com o verão, feliz sem esfregona e outros utensílios, garantiu que eram duas semanas e foi.
Voltou três anos e meio depois com o François, com quem se manteve durante algum tempo. Paulo e Jaime tinham andado para a frente.