Siga-nos

Perfil

Expresso

Onde se chega a um ponto em que não se sabe de nada

  • 333

A primeira vez que jantaram, pós separação, a destruição era tão evidente no rosto da amiga, que Carlota começara por perguntar:

"O que foi? Carmen, o que foi? "

Encolhera-se no cadeirão confortável, acendera um cigarro e fizera sinal ao empregado para dizer que era o costume e um cinzeiro, se faz favor. Depois, tentara olhar para a amiga, os olhos caíram em lágrimas e Carlota teve o bom senso de dizer:

"Falamos de outra coisa. Já te contei que inventaram uma conta com o meu nome no Yahoo? Imagina! Além de ser perigoso, muito perigoso, pergunto-me o que escreverão fazendo-se passar por mim. Enfim, fiz uma denúncia e agora é esperar e ver. Já te contei que temos um novo colega lá no escritório? Pois temos, e já é sócio. Há coisas que deixam uma mulher simplesmente cansada..."