Siga-nos

Perfil

Expresso

Fictiongram

primeira sms

Não quero nada para mim. Vou sair de casa. Levo a minha mala cor-de-rosa, mínima, frágil, comprada no chinês, deixa lá, não dá para muito, mas chega para a dor que levo. Tu faz por ter um bom Natal, sim? Eu vou-me esquecer de tudo. Não volto, não penses