Siga-nos

Perfil

Expresso

Gazeta das Caldas

Vida e obra de José Malhoa em exposição na Biblioteca das Caldas da Rainha

No ano em que se assinalam os 77 anos da morte de José Malhoa, a Biblioteca Municipal das Caldas inaugurou no passado sábado, 24 de Abril, uma exposição intitulada "José Malhoa com Arte e Alma", onde são caracterizadas a vida e obra do pintor caldense.

Gazeta das Caldas - Tânia Marques

A exposição, a cargo de Miguel Portela e Margarida Herdade Lucas (ambos de Figueiró dos Vinhos), encontra-se no átrio da biblioteca e contém documentos, livros, cartas, que perfazem um roteiro do perfil e percurso artístico de José Malhoa, em especial na época que residiu em Figueiró dos Vinhos. A par da documentação, estão expostas duas actas, no qual é descrito a doação do quadro a óleo Rainha D. Leonor e outra sobre uma reunião de Câmara onde o presidente de então informa os munícipes sobre esse donativo do pintor.

Segundo Miguel Portela, um dos organizadores da exposição, o objectivo desta iniciativa é "dar a conhecer e tentar compreender uma figura humana, simples, bem-humorada e que gostava de fazer aquilo que sempre quis - pintar com brilho".

Segundo o organizador, "o interesse principal é vermos Malhoa, não tanto como um pintor de traços e cenários, mas principalmente como um artista de emoções, de objectivos próprios e de uma personalidade muitíssimo forte".

A exposição, que já passou por vários pontos do país, debruça-se essencialmente na sociedade a norte do distrito de Leiria dando a conhecer o contributo de Malhoa para o desenvolvimento de Figueiró dos Vinhos, como foi o caso no seu envolvimento do Clube Figueiroense, o restauro da igreja matriz da vila e no jardim municipal.

"Esta exposição é apenas uma amostra da obra que Malhoa fez e continua a fazer indirectamente na cultura. Se nós conseguíssemos pegar em todo o seu percurso artístico, certamente teríamos uma perspectiva diferente da sua personalidade porque cada quadro transmite uma mensagem pessoal", afirmou Miguel Portela.

Para além da conferência dada pelos organizadores, a inauguração da exposição contou também com uma palestra da técnica superior do Museu Malhoa Conceição Colaço sobre o quadro Rainha D. Leonor, na qual foi "desmontado" todo o processo artístico na elaboração da obra, desde o estudo até ao seu acabamento.

A exposição "José Malhoa com a Arte na Alma" pode ser visitada de segunda a sábado, na Biblioteca Municipal das Caldas, até dia 22 de Maio.