Siga-nos

Perfil

Expresso

Gazeta das Caldas

CCC das Caldas da Rainha quer criar pacotes turístico-culturais destinados a um público mais exigente

O CCC quer criar um produto comum de turismo, lazer e cultura direccionado a um público exigente, aliando as suas propostas culturais a outras áreas como o alojamento e a gastronomia. Neste sentido já houve uma primeira reunião a 14 de Abril que visou a criação de uma plataforma turístico-cultural que se vai criar nas Caldas e que pretende oferecer pacotes personalizados através da Internet e de outros canais. 

Gazeta das Caldas / Natacha Narciso

"O nosso target será a classe média e média-alta", explicou Carlos Mota, director do CCC que para este primeiro encontro convidou responsáveis de várias áreas desde a restauração até ao desporto.

Pretende-se criar sinergias entre as diversas entidades pois "achamos que podemos ganhar em estarmos todos juntos, de modo a vender uma nova ideia das Caldas da Rainha como um destino de excelência", acrescentou Carlos Mota.

A ideia de criar esta plataforma comum surgiu depois de uma primeira experiência bem sucedida de parceria entre o Centro Cultural, o aldeamento turístico do Casal da Eira e o restaurante Pachá.

Estas três entidades criaram pacotes para os seus clientes, com descontos para quem usufruísse dos serviços do CCC, do aldeamento e do restaurante. Segundo Jacinto Gameiro, proprietário do Casal da Eira, a ideia inicial era a de criar um "voucher" local, em torno da Cultura, do Lazer e da Gastronomia. No entanto, os responsáveis acham que é melhor evoluir para algo mais complexo e rico, de modo a proporcionar aos visitantes experiências inovadoras.

Este empresário deu como exemplo a cidade de Bilbau, que antes do museu Guggenheim não despertava nenhum interesse turístico e actualmente é um grande centro de atracção. O próprio CCC poderia ser o Guggenheim das Caldas. "Há pessoas de todo o país que vêm visitar esta zona, mas também seria interessante trazer mais estrangeiros", considera.

O CCC convidou a participar também nesta reunião a empresa responsável pela bilhética deste espaço, de modo a começar a estudar-se a forma de vender online este produto, de acordo com as necessidades dos consumidores. Uma das possibilidades é da escolha de vários serviços para a aquisição de pacotes totalmente personalizados, através de uma central de compras na Internet.