Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Notícias de Hollywood

Rui Henriques Coimbra, em Los Angeles

Sandra Bullock: Marido internado, divórcio à vista

  • 333

Jesse James e Sandra Bullock na noite em que a qactriz receber oÓscar e tudo parecia correr sobre rodas

Peter Kramer/AP

Fontes relatadas pelo canal CBS confirmam que Sandra Bullock quer manter-se separada do marido, Jesse James. Mais interessante ainda: a actriz talvez venha mesmo a exigir a custódia de Sunny, a filha dele.

Embora Sandra Bullock ainda não tenha emergido do anonimato forçado em que se refugiou depois de tornadas  públicas as alegações de infidelidade marital, parece cada vez mais que a actriz não está nada interessada em reunir-se ao marido, Jesse James.

Somadas, subiu recentemente para quatro o número de mulheres que, munidas de conselheiro legal, declararam ter mantido relações íntimas com Jesse James durante os cinco anos de matrimónio deste com a recém galardoada com um Óscar. Era a primeira vez que Sandra Bullock contraía matrimónio. Jesse James tinha estado casado duas vezes antes de conhecer Sandra, uma actriz de Hollywood conhecida pela sua correcção ética, sucesso, anti-glamour, acessibilidade e, este ano, entrada triunfal na galeria das figuras ilustres. 

A hipótese do divórcio, de acordo com um comentador da revista "US Weekly", terá ganho ímpeto quando a actriz referiu a amigos que "não está interessada em explicações e desculpas".

Mãe de facto de Sunny

Jesse James assegurou querer recuperar a estabilidade do seu casamento com Sandra Bullock, mas a actriz recém galardoada com um Óscar referiu a amigos que «não está interessada em explicações e desculpas»

Jesse James assegurou querer recuperar a estabilidade do seu casamento com Sandra Bullock, mas a actriz recém galardoada com um Óscar referiu a amigos que «não está interessada em explicações e desculpas»

Peter Kramer/AP

A filha enteada, Sunny, conta agora 6 anos, o que leva a indicar que foi Sandra Bullock quem chamou a si a responsabilidade pela educação da criança. A ideia de custódia, embora negada pelos representantes que a actriz contratou em Hollywood, faria todo o sentido por várias razões.

Embora Sandra Bullock não tenha com Sunny uma relação de parentesco biológico, pode argumentar-se que a sua responsabilidade tem sido idêntica dado ter funcionadp como mãe de facto. A anterior mulher de Jesse James, mãe da menina, já foi actriz da indústria porno, confessou-se dependente de drogas e encontra-se actualmente, depois de práticas ilegais relacionadas com o consumo e distribuição de narcóticos, a viver numa half way house em regime semi-prisional observado de perto pela polícia. Embora a actriz continue a não ter apoio legal, apesar das circunstâncias perturbantes em que Sunny se encontra - o pai, segundo os últimos noticiários, acaba de ser internado no Sierra Tucson, um centro de reabilitação também vocacionado para o tratamento da compulsão sexual -, observadores acreditam que Sandra Bullock tome controlo da situação de maneira a poder garantir o bem estar da única criança menor envolvida nesta escândalo.

Jesse James, entretanto, assegurou hoje num comunicado que tenciona frequentar tantas sessões de terapia quantas as que forem necessárias para recuperar a estabilidade do seu casamento com Sandra Bullock.

Sabedoria inata herdada da mãe

A vocação protectora pode ser detectada noutro domínio: a fé que Sandra tem na sabedoria inata de uma figura materna responsável. Ao longo dos anos, a actriz norte-americana não tem escondido que a pessoa mais influente na sua vida foi a mãe, Helga, uma mulher de origem alemã que tomou as rédeas da família sempre que havia convulsões de percurso.

A disciplina educacional facilitada pela mãe fez com que Sandra Bullock tivesse acesso, por exemplo, a uma infância extraordinariamente diversificada, que incluiu muitos anos passados na Alemanha.

A actriz, aliás, descobriu parte da sua vocação artística quando começou a cantar nos coros religiosos da região de Nuremberga. No recente discurso de aceitação do Óscar para melhor actriz do ano, Sandra Bullock disse: "Este prémio também é para a Helga Bullock, porque foi ela, quando eu era ainda uma miúda, quem impediu que fosse dar uma volta de carro com os rapazes que gostavam de mim. Ela sabia o que, certamente, iria acontecer".

Recolhida no sossego texano

Sandra Bullock foi literalmente ovacionada na noite de 7 de Março, quando a Academia americana de artes cinematográficas atribui um dos prémios mais vistosos e valiosos no mundo das artes. Poucos dias depois, porém, foram tornadas públicas as alegações de infidelidade repetida por parte de um marido que ela elogiou até no palco.

A 13 de Março Sandra Bullock ainda se encontrava em tournée pelo país a promover o filme "The Blind Side". Foi vista pela última vez a falar do seu trabalho numa sessão de autógrafos organizada pelos supermercados Walmart. Desde então, abandonou o marido, a casa que ambos tinham em Los Angeles, foi procurar sossego na residência que tem na capital do Texas, Austin, e cancelou a digressão vitoriosa que a levaria às estreias que a promoção do filme "The Blind Side" tinha planeadas para Londres e Berlim. E recusa pronunciar-se publicamente sobre o colapso vertiginoso de uma relação que, até há pouco tempo, parecia atipicamente feliz.