Siga-nos

Perfil

Expresso

A vida de saltos altos

Uma grávida na Semana da Moda de Milão

  • 333

O desfile culminou com a participação das modelos com os seus bebés

Foi bonito o desfile Dolce & Gabanna deste domingo. Com uma coleção Outono-Inverno 2015 intitulada "Viva La Mamma", a dupla de estilistas italianos montou um dos desfiles mais bonitos e aplaudidos da Semana da Moda de Milão, numa ode às mães de todo o mundo.

Com bordados e frases de amor dedicadas às mães, muitas flores e até mesmo rabiscos infantis em cima de tons pastel, Domenico Dolce e Stefano Gabanna surpreenderam o público não só por apresentarem uma coleção inspirada nas mães dos anos 60, mas também por levarem a modelo Bianca Balti,  grávida de seis meses, e outras tantas modelos com os seus filhos pela mão a participarem no desfile. 

Desmistificar a imagem da mulher

Não é a primeira vez que grandes nomes da moda dão espaço na passerelle a uma modelo grávida. Em 2012, por exemplo,  a modelo brasileira Alessandra Ambrosio desfilou na Semana da Moda de São Paulo com cinco meses de gravidez. Constantemente criticada por não olhar para a 'mulher real', é bom ver que a indústria da moda se continua a abrir à imagem feminina no seu todo, mesmo que devagarinho.

Já há umas semanas tinha falado aqui do desfile na Semana da Moda de Nova Iorque que incluiu uma mulher com síndrome de down. Antes tinha também escrito sobre a inusitada participação de uma modelo plus size edição de biquínis da Sports Illustrated. E agora chega a vez das mães.

Com a integração e aceitação de mulheres que vão muito para lá dos estereótipos de beleza e com maior diversidade de etnias, formas e tamanhos vai-se desmistificando a interpretação da mulher. Que está muito longe de ser sempre igual ou com caraterísticas pré-definidas no que diz respeito à beleza.