Siga-nos

Perfil

Expresso

A vida de saltos altos

Truque para crianças que não comem legumes

Neide Rangel (www.expresso.pt)

Hoje, dificilmente os pais duvidam dos benefícios da inclusão dos legumes na alimentação das crianças, mas educar para uma alimentação saudável torna-se por vezes um exercício de paciência de tal modo complicado que muitos pais desistem antes de o conseguirem.

Um artigo do American Journal of Nutrition, de julho de 2011, dá conta de um estudo feito com 40 crianças dos 3 aos 5 anos, às quais, ao longo do dia e durante as várias refeições, foram servidos diferentes purés de legumes, de modo a que, disfarçados, os legumes se tornassem mais atrativos para as crianças sem deixarem de cumprir a função reguladora das necessidades energéticas diárias.

Nos pratos, ao lado do puré, continuavam a aparecer legumes na sua forma natural, para não se perder a parte visual e liminarmente veicular o agrado pela incorporação de legumes nas refeições.

Como resultado, conseguiu-se um aumento significativo do consumo de legumes (cerca de 85% das crianças triplicaram-no) e uma redução calórica de cerca de 142 kcal por dia. Isto, sem dramas.

Com efeito, a hora das refeições dos miúdos não tem que ser "uma dor de cabeça". Reinventar as receitas, decorar de forma imaginativa os pratos e transformar os legumes em purés coloridos até pode ser divertido de preparar e fazer de cada refeição uma festa.

Uma dica importante: antes de transformados em puré, os legumes devem ser cozidos em pouca água e sem sal.

Já imaginou o efeito de um puré azulado (couve roxa), verde (espinafres ou grelos), branco (couve-flor), Verde-claro (curgete), cor-de-laranja (abóbora ou cenoura), ou rosa (beterraba), por exemplo, num "empadão arco-íris"? De certeza que vai ser apelativo para o olhar de qualquer criança, por mais desconfiada que seja.

Claro que uma refeição, por mais festivo que seja o seu aspecto, não deve excluir a sopa nem os legumes ao natural.

E, se as "dores de cabeça" não desaparecerem de vez, não será por culpa das refeições. É que ser pai ou ser mãe é estar sempre alerta e ser capaz de antecipar-se com sensibilidade e imaginação aos problemas.

Napoleão III dizia que "a imaginação governa o mundo". Acrescentamos que sem ela dificilmente se governa uma família.

Através do mail info@inn.com.pt ou visite o site www.inn.com.pt

A Vida de Saltos Altos também está presente no Facebook. Na página desta popular rede social qualquer um pode ser fã deste blogue. Clique para visitar.

A Vida de Saltos Altos é presença assídua no Twitter, onde estão todos os posts deste blogue. Junte-se às pessoas que aí nos seguem. Clique para visitar.