Siga-nos

Perfil

Expresso

A vida de saltos altos

Por que é que este foi o melhor desfile da Moda Lisboa?

  • 333

Porque primou pela diferença. Porque foi uma ode simbólica à imagem feminina no seu todo. Porque deu a oito meninas uma oportunidade de sonhar que a vida teima em tentar roubar. Cada vez mais, nem só de vestidos bonitos e de modelos graciosas vive este universo: a moda também pode ser isto. E ainda bem que assim é.

Há umas semanas falei aqui da grávida que foi convidada a desfilar na Semana da Moda de Milão. E já antes tinha escrito sobre a mulher com síndrome de down que também subiu |às passarelas de Nova Iorque. Este fim de semana foi a vez da Moda Lisboa dar um passo em frente no que diz respeito à inclusão ao proporcionar um momento que tanto teve de inédito quanto de bonito: oito meninas em tratamento no Instituto Português de Oncologia desfilaram criações de Filipe Faísca. E foram aplaudidas de pé.

Mas não foram só convidadas a desfilar durante a apresentação da colecção "Darling". O estilista português contou também com a sua ajuda na hora de desenhar os vestidos. Por duas vezes convidou-as a visitarem o seu ateliê, onde primeiro lhes pediu que dessem largas à imaginação e desenhassem o que lhes viesse à cabeça sobre o tema "amor". E depois lhes revelou que os seus desenhos fariam parte das peças que iriam desfilar.

Corações, flores, carinhas sorridentes e muitos outros rabiscos subiram à passarela no Pateo da Galé este domingo, num desfile que deixou muitos dos presentes emocionados. Com o sorriso tímido de quem está habituado a grandes batalhas, mas que não sabe como lidar com uma plateia, as oitos meninas (dos 6 aos 16 anos) desfilaram lado a lado com as modelos. Mas foram as verdadeiras estrelas de mais um edição do maior evento de moda da capital.

Houve aplausos de pé e muitas lágrimas. Não é para menos: 'foi bonita a festa, pá!'. Que iniciativas assim se repitam por cá muitas vezes, para que tantas outras meninas possam esquecer as suas dores de adulto, nem que seja por umas horas.

A Vida de Saltos Altos também está presente no Facebook. Na página desta popular rede social qualquer um pode ser fã deste blogue. Clique para visitar.