Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

A vida de saltos altos

Mulher casa-se com ela própria no Ano Novo

  • 333

Ano novo, vida nova. Chen Ching, 45 anos, anunciou que vai casar-se com ela própria no primeiro dia de 2011, quando Taiwan celebra o centenário da República. Será o desespero de uma solteirona? No minímo insólito.

Liliana Coelho (sapato nº 37) (www.expresso.pt)

Com 2011 à porta é chegado o momento de preparar as resoluções para o próximo ano. Fazem-se novos planos ou projetam-se os antigos que ainda não foram concretizados. Emagrecer, ganhar mais dinheiro, viajar, mudar de emprego...ou arranjar namorado são desejos partilhados pela maioria dos saltos altos. Este último voto é o mais pedido com o champanhe e as passas nas 12 badaladas, sobretudo, nas mulheres que se aproximam dos 30. "Solteirona ou encalhada?" ou "Vais ficar para tia..." insiste em ser o rótulo das mulheres desta faxa etária, que por consequência ou opção, continuam sozinhas. Foi precisamente este estigma que terá levado uma mulher taiwanesa a anunciar o seu auto-casamento. Chen Ching, 45 anos, vai casar-se com ela própria no dia 1 de janeiro, quando Taiwan celebra o seu centenário da República, avança o site da IBN.

Para respeitar o estilo tradicional, Chen Ching diz que levou dois meses a preparar o casamento com tudo o que tem direito: convites para os amigos e familiares, vestido, boda, limousine e fogo-de-artifício.

"É uma experiência de vida que tenho de ter. Sinto-me abençoada por me conhecer tão bem e gostar tanto de mim", revelou a noiva.

De branco, véu e grinalda, Chen Ching jurará fidelidade a si mesma no dia 1 de janeiro e fará a festa com o seu núcleo duro. Aparte do insólito e do mediático deste caso, acho engraçada a auto-confiança desta mulher que em jeito de "protesto social" satiriza a pressão que as mulheres enfrentam na sociedade para casar e ter filhos antes que "passem do prazo". E como diz o ditado: "Mais vale só, que mal acompanhada/o".

Solteira sim, sozinha nunca...

Em 2009, estudos revelam que 40% da população adulta era solteira, com uma fatia significativa de mulheres com 30 anos. Motivos? Acho que desde a emancipação feminina estamos mais seletivas e não queremos estar com alguém do nosso lado só por estar. É certo que sabe bem ter os pézinhos quentes à noite, ou alguém com quem falar quando chegamos a casa, mas para isso não é preciso namorado. Lógico.  Como diz uma amiga minha, o lema deve ser "Solteira sim, sozinha nunca". Se nos fecharmos ao mundo, então sim, não vamos conhecer novas pessoas ou, quiçá mesmo a cara metade. E antes de tudo é preciso estarmos bem connosco próprios. Por isso já sabe, em 2011 saia de casa, divirta-se e socialize muito...pode começar já no reveillon! Nada como entrar no ano novo com o pé direito!

A Vida de Saltos Altos também está presente no Facebook. Na página desta popular rede social qualquer um pode ser amigo deste blogue. Clique para visitar.

A Vida de Saltos Altos é presença assídua no Twitter, onde estão todos os posts deste blogue. Junte-se às pessoas que aí nos seguem. Clique para visitar.