Siga-nos

Perfil

Expresso

A vida de saltos altos

As fotos de um amor maior que o cancro

  • 333

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

Há batalhas em que decidimos entrar e com as quais nos desgastamos por opção própria, como se a nossa vida dependesse disso. Depois há as batalhas que não se escolhem, que nos desgastam porque a vida realmente depende delas. E que, pelo menos a mim, me fazem refletir sobre o que é ou não merecedor do nosso tempo, dedicação e cansaço.

Se há histórias que nos fazem entrar nessa reflexão, a de Jennifer e Angelo Merendino é uma delas. A primeira vez que ele a viu, não teve dúvidas: "Ela era a tal". Apaixonou-se de imediato. Ela mudou de cidade pouco depois, mas nem a distância o impediu de tentar. Declarou-se. Foi correspondido. Deixou o emprego, a casa, mudou de cidade, arriscou tudo por um grande amor. Um ano depois eram um casal norte-americano recém-casado, feliz. Cinco meses depois Jennifer descobriu que tinha cancro.

Desde o primeiro momento assumiram o que viria a ser um lema de vida dos quatro anos seguintes: "Estamos juntos nisto, vai tudo correr bem". E mesmo depois de Jennifer ter perdido a batalha, Angelo não tem dúvidas quando diz: "Nunca fui tão feliz como durante aquele período. Ela ensinou-me a amar, a ouvir, a dar, a acreditar nos outros e em mim mesmo". Se há uma definição possível do amor, eu diria que esta está lá perto.

O dia-a-dia do cancro

Este relato poderia ser apenas mais um entre as inúmeras tristes histórias de batalhas contra uma doença que é uma sombra para muitos dos que já a acompanharam de perto. Ficam as memórias, as lições de vida, as reflexões e, no caso de Angelo e Jennifer, as fotos. Ele é fotógrafo e durante os últimos quatro anos da mulher fotografou o seu dia-a-dia. "Não há normalidade no universo do cancro. Os sobreviventes têm de redefinir todos os dias o seu sentido de normalidade. Mas como é que os outros podem perceber o que nós vivemos no nosso quotidiano?".

Angelo respondeu à sua própria questão com imagens. Duras. Meigas. Sinceras. "Algo que não podemos ver nos jornais", define ele. Criou a página "A batalha que não escolhemos" e deu-as a conhecer ao mundo. O seu projeto - ou a sua catarse? - deu origem a um livro e a uma organização sem fins lucrativos cuja missão é providenciar assistência a mulheres com cancro da mama em tratamento. Em homenagem à sua amada dedica 50% dos lucros do livro à The Love You Share.

O projeto deu que falar no fim de 2012 e dois anos depois é já conhecido internacionalmente. O documentário fotográfico de Angelo Merendino galgou as fronteiras da web e têm sido mote de várias exposições. Embora seja impossível não sentir um nó na garganta ao ver estas imagens, recomendo-as a todos vós. A honestidade extrema deste casal no pior - que também foi o melhor - momento das suas vidas é comovente. "Amem cada pedacinho das pessoas que fazem parte das vossas vidas", dizia Jennifer. No final de contas é realmente isso o que mais importa.

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

Angelo Merendino / The Battle We Didnt Choose

A Vida de Saltos Altos também está presente no Facebook. Na página desta popular rede social qualquer um pode ser fã deste blogue. Clique para visitar.