Siga-nos

Perfil

Expresso

A miúda da Modern Family “está a pedi-las”, dizem eles

  • 333

Se tal como eu são fãs da série Modern Family lembram-se certamente da personagem Alex, a menina prodígio que ao longo das últimas temporadas se foi transformando numa jovem mulher. À beira de celebrar 18 anos, as alterações ao corpo de Ariel Winter são visíveis e, como é óbvio, normais. Sim, tem um peito grande que, aliás, já a levou a ter de fazer uma cirurgia de redução para evitar problemas na coluna. Como qualquer adolescente, Ariel passou uma mau bocado não só por ter de passar pela sala de operações, mas também por ter de a aprender a lidar com um corpo constantemente em mudança, ainda por cima debaixo dos holofotes da televisão. Numa entrevista que deu sobre isso chegou mesmo a contar que “conseguia sentir o burburinho que o peito provocava sempre que entrava numa sala”. Mas aprendeu a lidar com isso. A redução mamária tornou-a mais confiante e hoje não se inibe de usar tops ou decotes: “aceitei o meu corpo tal como ele é”. Há gente que passa uma vida inteira sem o conseguir.

O que Ariel não estava à espera era que uma foto sua em biquíni, num barco a brincar com as sobrinhas, acabasse por gerar insultos como “é uma vagabunda”, “grande puta”, “está a pedi-las”, “é uma oferecida” ou “os pedófilos agradecem esta imagem”. E aqui vamos nós novamente à eterna questão: por que será que o facto de uma rapariga ou uma mulher partilhar uma foto sua em biquíni parece que dá automaticamente permissão a que comentários do género sejam feitos? Um biquíni é um convite sexual? Não me parece, a não ser na cabeça doente de quem assim vê tal imagem. Não estamos a falar de fotografias de sites pornográficos ou demais produtos assumidamente de cariz sexual, entenda-se. Aí, sim, qualquer imagem é feita com esse intuito e serve esse propósito. Esta é uma imagem de uma miúda de 17 anos, tal como tantas outras com quem nos cruzamos na praia diariamente no verão. Será que quando andam na praia os energúmenos que cospem tais insultos nas redes também acham que todas as mulheres e meninas se estão a oferecer ao usarem um biquíni? O facto de ser atriz muda alguma coisa?

Ariel contra-ataca com uma mensagem pública

Já aqui falámos noutras ocasiões de figuras famosas qua usam as redes sociais para responder aos comentários abusivos feitos na Internet. Ariel fez o mesmo. Numa foto partilhada no seu Instagram criticou tais atitudes e fez um pedido a todas as miúdas da sua idade: "Quem iria imaginar que uma foto inocente com as minhas sobrinhas se poderia transformar nisto? O comprimento da saia de uma rapariga ou qualquer coisa que ela esteja a usar não significa que ela esteja ‘a pedi-las’. Enoja-me pensar que aos 17 anos, uma foto minha com as minhas sobrinhas, possa sugerir isso. Eu, regra geral, não dou importância aos comentários maldosos que as pessoas fazem quando estão por trás dos seus computadores mas este meu desabafo é para as raparigas que são constantemente atacadas online ou na escola. Vocês não estão a pedir nada por causa do que vestem. Vocês estão simplesmente a expressar-se e nunca pensem que merecem esta negatividade como consequência do que estão a vestir. Vocês são lindas. Celebrem-se e não deixem que os comentários de ninguém vos diminuam. Nós, miúdas, temos que permanecer unidas!!!!!"

Haja dó, uma miúda em biquíni é uma miúda em biquíni. Tal como uma miúda de mini-saia ou de decote acentuado é apenas uma miúda. O problema não está nela, está em quem olha para elas e vê automaticamente uma sugestão sexual. E que no conforto do anonimato virtual se sente seguro para fazer comentários deveras abusivos, sob total impunidade. Sem sequer pensar quão ofensivo pode estar a ser, ou até que ponto pode estar a roçar a fronteira daquilo que é um crime. Vivemos na era dos bullies virtuais e a volatilidade com que comentários do género são deixados em redes sociais é preocupante.