Siga-nos

Perfil

Expresso

A vida de saltos altos

100 dias de solidão (e beleza) em Gaza

  • 333

100 Dias de Solidão, por Nidaa Badawn

Não há dúvidas de que a vida em Gaza nos últimos anos tem sido um suplício. De um lado um grupo terrorista a liderar as gentes aquele pedaço de terra, do outro um dos maiores exércitos do mundo sem meias medidas para proteger as gentes do seu país. Pelo meio uma série de inocentes confinados àquele conflito, sem nada poderem fazer. Apenas sobreviver e, em alguns casos, sonhar.

Foi o que Nidaa Badwan se atreveu a fazer nos últimos seis meses, com a ajuda da sua máquina fotográfica. Como forma de protesto às atuais condições que os jovens palestinianos que vivem em Gaza enfrentam, a jovem fotógrafa refugiou-se no seu quarto decidida a criar um mundo alternativo. E começou a documentar a sua vida diária, com direito a sonhar e a retratar as coisas que um dia gostaria de ser e fazer livremente se não estivesse presa em Gaza.

Recorrendo apenas aos adereços que tinha em casa, Nidaa Badwan fez do seu quarto um estúdio onde montou cenários cheios de cor e de vida. Através dos seus auto-retratos já foi costureira, bailarina, cozinheira, escritora, pintora. Uma série de catorze fotografias que foi publicando no seu blogue numa tentativa de comunicar com o mundo exterior e que acabaram por ser expostas numa galeria em Jerusalém sob o título simbólico "100 dias de Solidão".

Embora orgulhosa com a sua própria capacidade de conseguir fantasiar universos à partida impossíveis, e evadir-se do cenário de violência de Gaza através da fotografia, mantém como meta o seu grande sonho: um dia ser livre.

Deixo-vos algumas fotos em baixo, mas se quiserem conhecer melhor o trabalho de Nidaa basta visitarem o site dela.

100 Dias de Solidão, por Nidaa Badawn

100 Dias de Solidão, por Nidaa Badawn

100 Dias de Solidão, por Nidaa Badawn

100 Dias de Solidão, por Nidaa Badawn

100 Dias de Solidão, por Nidaa Badawn

100 Dias de Solidão, por Nidaa Badawn

A Vida de Saltos Altos também está presente no Facebook. Na página desta popular rede social qualquer um pode ser fã deste blogue. Clique para visitar.