Siga-nos

Perfil

Expresso

Falar Global

Eye Tracking: Você está a ler este título (vídeo)

Com a tecnologia de Eye Tracking podia-se saber se você está a ler este texto ou a focar a imagem, quanto tempo despenderia e de que forma o faria. Tudo em tempo real. Esta inovação já tem aplicação nas áreas de saúde, segurança rodoviária e publicidade.

Não leia o seguinte:

EYE TRACKING: Tecnologia permite ainda a pessoas com necessidades especiais comunicar através da visão

EYE TRACKING: Tecnologia permite ainda a pessoas com necessidades especiais comunicar através da visão

Por mais que lhe seja pedido, acabou por ler. E o que revelam os seus olhos? Perceber para onde estamos a olhar, que imagens fixamos e quanto tempo o fazemos são, hoje em dia, aspectos fundamentais para saber o que mais capta a atenção do campo visual. A investigação em curso tem inúmeras aplicações que passam pela área da saúde, da segurança rodoviária e da publicidade.

A tecnologia de Eye Tracking permite definir, em tempo real, o comportamento visual das pessoas quando sujeitas a determinados estímulos e a diferentes tipos de ambientes. Esta tecnologia funciona através da emissão de "um raio infravermelho dirigido aos olhos de quem está a fazer o teste, o que provoca um reflexo na pupila, que depois é captado com um sensor que calcula exactamente para onde a pessoa está a olhar, quer seja para um monitor, quer seja para um espaço exterior", explica André Zeferino da empresa Tobii.

Este subtítulo captou a sua atenção

Pode discordar, mas com esta tecnologia verificar-se-ia, por exemplo, se de facto saltou para o subtítulo, antes de ler o texto anterior. O Eye Tracking pode até ser utilizado para monitorizar o comportamento visual de pilotos de aviação e de condutores de automóveis, chegando ao pormenor de detectar antecipadamente o adormecimento ao volante.

Para além da segurança, esta tecnologia está cada vez mais a ser usada na área da saúde, para estudar o comportamento visual, especialmente em doenças neuropsiquiátricas. "Isto é muito importante, por exemplo, no autismo, porque torna possível acompanhar a interacção entre o doente e o terapeuta", comenta Miguel Castelo-Branco, investigador IBILI - Universidade de Coimbra.

Comunicar através da visão

No Instituto Biomédico de Investigação da Luz e Imagem(IBILI), da Universidade de Coimbra, o Eye Tracking é uma ajuda preciosa para perceber o comportamento do olhar em relação a diferentes estímulos, ao mesmo tempo que analisa a estrutura e a função do cérebro em doenças como o autismo, parkinson ou o Alzheimer. Mas as aplicações não ficam por aqui... Esta tecnologia poderá ajudar as pessoas com necessidades especiais a comunicar com o mundo, através da visão, permitindo "escrever um email, escrever um texto, comunicar com um sistema de localização de conteúdos num dispositivo próprio e assumirem uma parte activa na sociedade, ou seja, poderem comunicar com o mundo através desta tecnologia", garante ainda André Zeferino.

A medição dos movimentos da retina é já muito usada para validar anúncios, organizar melhor produtos de prateleira dos super-mercados e conceber páginas web. Mas com a evolução da tecnologia, o leque de aplicações do Eye Tracking torna-se tão vasto, que pode abranger qualquer área do conhecimento.

Gestão de Tráfego Aéreo

Veja na SIC Notícias: