Siga-nos

Perfil

Expresso

O Vento nas Velas

Porquê este Blogue?

Hoje lançamos O Vento nas Velas e iniciamos a viagem ao País do Sol Nascente, à descoberta de Samurais, Missionários e Aventureiros.

Cristina Castel-Branco e João Paulo Oliveira e Costa

Muitos desconhecem a relação de paz e trocas que os Portugueses tiveram com os Japoneses no sec. XVI e as consequências sociais, artísticas, científicas, urbanísticas e politicas da presença dos Portugueses no Japão. Aliás, a evolução política do país do Sol Nascente nos séculos XVI e XVII, passando de um império fragmentado e assolado pela guerra civil, para um estado centralizado e pacificado só se explica tendo em conta precisamente os contactos luso-nipónicos, nomeadamente a introdução da espingarda.

No momento da celebração dos 150 anos do Tratado de Paz de Portugal e Japão "desenterram-se " os documentos e abre-se a memória de há 400 anos. Foi em 1543 que alguns portugueses desembarcaram na ilha de Tanegashima. Foi um encontro pacífico, baseado em interesses comerciais, curiosidade e respeito mútuo que durou algumas décadas, até que pressões políticas e religiosas corroeram as relações que foram interrompidas em 1640 em circunstâncias dramáticas. Apesar dos vestígios visíveis serem muito escassos, o património imaterial documental é muito rico e revela traços da primeira globalização, então em curso. Trocas de plantas, palavras, vestuário, música e receitas foram imensas.

O CHAM tem vindo a descobrir e a publicar muita investigação. Hoje, para a partilhar, abre-se este blogue, com a certeza de que vão ficar surpreendidos com tantas novidades. Por vezes a informação é comovente, aqui e ali faz sorrir, mas sobretudo é impressionante a partilha da ciência, da tecnologia, da arte, do humor, e a valentia dos portugueses em arriscar ir tão longe numa nova relação no extremo Nascente do mundo conhecido. Esperemos que gostem.

Coordenação Cristina Castel-Branco e João Paulo Oliveira e Costa Assistência Tecnica Inês Pinto Coelho e Margarida Paes Colaboradores Alexandra Curvelo, Ana Fernandes Pinto, Leonilde Alfarrobinha, Pedro Canavarro