Siga-nos

Perfil

Expresso

Está nas nossas mãos alterar o rumo do país

  • 333

Está nas nossas mãos, com o nosso voto, fazer a opção para o futuro Presidente da República.

Está nas mãos dos trabalhadores, dos reformados, dos jovens, das mulheres, do povo recolocar na Presidência da República os valores de Abril e assegurar que a Constituição da República Portuguesa será respeitada, cumprida e feita cumprir.

Não são as sondagens, nem a comunicação social que elegem o Presidente da República, embora se utilize todos os instrumentos que estejam ao dispor para condicionar a livre decisão do povo. É no povo que reside a soberania!

Neste momento nada está decidido.

Estas eleições presidenciais assumem uma redobrada importância. Constituem uma oportunidade de dar continuidade à vontade expressa pelo povo nas eleições legislativas de 4 de outubro, derrotando PSD e CDS e iniciando um novo quadro político, com novas perspetivas.

É neste contexto que a Candidatura de Edgar Silva é a única que está em condições de dar um sinal claro de mudança e de confiança e esperança num futuro melhor.

Contrariamente a outras candidaturas, a Candidatura de Edgar Silva não se esconde, nem engana os trabalhadores e o povo. Assume-se como a Candidatura de esquerda, a Candidatura que coloca como prioridade a valorização do trabalho, dos salários e pensões, a defesa dos direitos de trabalho e dos demais direitos sociais.

É a Candidatura do PCP, mas é também a Candidatura dos democratas, dos patriotas, dos que não capitulam e dos que resistem e lutam pela melhoria das condições de vida, pelo desenvolvimento económico e progresso social.

Mas não é só o PCP que tem uma candidatura. O PSD e o CDS também têm, é a candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa. Marcelo Rebelo de Sousa pretende retomar a política de exploração e de empobrecimento imposta por Passos Coelho e Paulo Portas e continuar as opções de Cavaco Silva.

Há muitas razões para nestas eleições dar mais força à Candidatura de Edgar Silva:

Para derrotar o candidato do PSD e CDS, Marcelo Rebelo de Sousa e avançar para a mudança política que os trabalhadores e o povo aspiram.

Para assegurar o cumprimento da nossa Constituição e reafirmar a nossa independência e soberania, rejeitando a ingerência externa.

Para garantir o respeito pelos direitos dos trabalhadores, a valorização do trabalho e a defesa das funções sociais do Estado.

Para combater a pobreza, as desigualdades e as injustiças.

Para dar mais confiança para um futuro melhor.

Está nas nossas mãos, tomar partido pela Candidatura que coloca os valores de Abril no futuro de Portugal.