Siga-nos

Perfil

Expresso

Palavras dadas

Belém toma partido e acena com bloco central

  • 333

Um dos problemas maiores das democracias contemporâneas é a neutralização a que têm sido submetidas, a impotência das suas instituições e dos seus eleitos face a interesses maiores do que os dos representados. Quando as democracias deixam de se centrar nas preocupações dos eleitores e se submetem às preocupações dos seus credores, as democracias vão perdendo legitimidade e utilidade. A imperfeição genética da democracia é o menor dos males. O mal maior é a perfeição da captura da sua autonomia política. 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI