Siga-nos

Perfil

Expresso

Tentar de novo para errar melhor

  • 333

Elvira Fortunato não é uma oradora de verbo cativante, até por não estar habituada a grandes tribunas. Mais importante do que isso, é uma cientista rara, com provas dadas, com descobertas certificadas. O transístor de papel é um exemplo concreto do seu trabalho e da sua equipa da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Resultado também de um percurso de muitos anos da ciência e da universidade portuguesas. A retórica de Elvira Fortunato não está ao nível da cientista Elvira Fortunato, mas é suficiente para nos deixar alertas claros sobre alguns pontos críticos que tolhem o país.

Para continuar a ler o artigo, clique  AQUI