Siga-nos

Perfil

Expresso

Hora H

Como anunciar presidentes

  • 333

Nem tudo o que vem "lá de fora" é bom mas a forma como Hillary Clinton anunciou a candidatura à presidência dos Estados Unidos é reveladora de como a política ganha quando fala para os eleitores e não para os analistas. Parece óbvio mas não para quem vive em Portugal, onde há uma semana se está a discutir, às vezes com a obstinação inútil com que um cão corre atrás da cauda, se o discurso de Sampaio da Nóvoa é cheio de sentido ou vazio de mensagem. Os partidos são essenciais, sim, mas não se se fecharem - sobre si mesmos e à evidência de que os eleitores estão a mudar mais depressa do que eles querem aceitar.  

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI