Siga-nos

Perfil

Expresso

Mau tempo

Martim Silva

Martim Silva

Diretor-Executivo

O que mudou no nosso trabalho? (25 números para perceber o que se passa)

A redução, lenta mas constante, dos números do desemprego nos últimos dois anos permite bons títulos de jornais e ótimos soundbytes televisivos, mas o olhar para a realidade do mercado laboral e das relações laborais em Portugal merece atenção mais profunda. Sobretudo depois do abalo que representou a crise da última década, a presença da troika em Portugal durante três anos e a própria evolução tecnológica das sociedades.

O novo livro verde das relações laborais, encomendado pelo Governo a um grupo de investigadores liderado por Guilherme Dray, e que ontem foi conhecido e com isso se lançou o processo de discussão pública, é seguramente um contributo valioso. As 400 páginas de um relatório técnico não são o melhor incentivo para uma leitura agradável, mas o tema é demasiado sério para ser analisado com ligeireza.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • Governo já tem diagnóstico para reformar mercado laboral

    O ministro da Segurança Social apresentou, esta quarta-feira, aos parceiros sociais o Livro Verde sobre as Relações Laborais. Em 400 páginas é feito o diagnóstico do mercado de trabalho português e promete-se "uma agenda de reforma". O país mudou, a produtividade aumentou, os custos de trabalho baixaram e, claro, os salários perderam terreno, assim como a segurança no emprego