Siga-nos

Perfil

Expresso

O jornalismo é para gente com coragem

Os jornalistas estão reunidos pela quarta vez desde 1974 em Congresso. Desde há quase 20 anos que tal não acontecia. Nesse período muita coisa mudou nas redações e no mundo. É espantoso que uma profissão que faz do escrutínio dos outros a sua missão, passe quase duas décadas sem olhar para si própria, para o que faz, como faz, para os leitores, ouvintes e espectadores, para o papel, a televisão, a rádio e o digital, para as vendas, as audiências e a publicidade, para a ética e a deontologia, para os conselhos de redação e para o supervisor, para o sindicato e para a comissão da carteira, para os editores, os diretores, os administradores, os patrões e para os jornalistas, cujo perfil entretanto também mudou significativamente.

A última coisa que este congresso pode ser é um muro de lamentações.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)