Siga-nos

Perfil

Expresso

Outra vez a economia vudu?

  • 333

A execução orçamental no primeiro semestre do ano (redução de quase mil milhões do défice em relação ao mesmo período do ano anterior) parece estar a correr bem. E escrevo parece por duas razões: a primeira é que até agora só temos a execução em contabilidade pública e o que conta e expressa toda a verdade é a contabilidade nacional; e depois porque o andamento da despesa, abaixo do esperado, pode resultar do adiamento do pagamento a fornecedores ou a não contabilização de despesas já comprometidas e que serão realizadas ainda este ano. É cedo, pois, para o Governo cantar vitória.

E é cedo não só por estas duas razões, mas também porque no segundo semestre do ano se começam a fazer sentir os efeitos de algumas medidas entretanto tomadas, como a redução do IVA da restauração, de 23% para 13%, originando quebra da receita, e a reposição da totalidade dos salários dos funcionários públicos, levando ao aumento da despesa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)