Siga-nos

Perfil

Expresso

Afinal nem só os fundos investiram em obrigações sénior do BES

  • 333

Dizia Estaline que a morte de um homem é uma tragédia, a morte de milhões é uma estatística. E se ele trabalhou para a estatística! Pois bem, passando à economia, a perda das aplicações que fundos internacionais de investimento fizeram em cinco séries de obrigações sénior do BES, que estavam no Novo Banco e no final de 2015, por decisão do Banco de Portugal, foram passadas para o “banco mau”, levantaram enorme polémica interna e externamente. Mas ninguém fala dos pequenos investidores que também tinham investido nessas cinco séries e perderam as poupanças de uma vida.

O Banco de Portugal justificou, na altura, a sua inopinada e surpreendente decisão, que fez passar 1985 milhões que eram responsabilidade do Novo Banco para o “banco mau” do BES, com o facto de ela atingir essencialmente grandes fundos internacionais de investimento. E assim, em vez de distribuir o mal pelas 52 aldeias...

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)