Siga-nos

Perfil

Expresso

Isabel dos Santos não sabe negociar

  • 333

Isabel dos Santos não está habituada a negociar. A empresária angolana habituou-se a impor o que quer. Isso foi-lhe permitido por atuar no mercado angolano, sob o beneplácito do seu pai, o presidente José Eduardo dos Santos. Quando quisesse fazer o mesmo fora de Angola o choque era inevitável. Foi o que aconteceu no BPI.

Isabel dos Santos queria a maior empresa de cimento que existia em Angola. Havia um problema: o dono era a construtora portuguesa Teixeira Duarte e não queria vender. Mas a empresária angolana queria a empresa. Discurso acabado. Tanto foi feito que a Teixeira Duarte foi obrigada a vender a cimenteira. A Unicer queria abrir uma empresa cervejeira em Angola. Como mandam os costumes locais, escolheu um parceiro angolano, um general. Mas Isabel dos Santos também queria ser dona de uma cervejeira na sua terra e o general não lhe agradou. Ela é que queria ser a sócia da nova empresa. Como não foi a escolhida pela Unicer para parceiro local, Isabel dos Santos garantiu aos responsáveis da empresa angolana que nunca iriam conseguir construir uma cervejeira em Angola. E assim foi.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso)