Siga-nos

Perfil

Expresso

O dia em que Angola expatriou meio milhão de pessoas – ou mais

  • 333

Durante anos foi possível a pessoas nascidas em Angola reclamarem a nacionalidade daquele país. Agora, o Parlamento angolano retirou essa possibilidade a meio milhão de pessoas ou mais. Mas só votaram a favor os deputados do MPLA, um movimento que durante décadas foi integrador e hoje em dia é cada vez mais um clube exclusivo para os que querem ter acesso a prebendas e sinecuras que o Estado angolano distribui.

Sim, não era fácil obter a nacionalidade angolana para quem tivesse nascido em Angola, mesmo que filho de ascendentes também nascidos em Angola (tudo antes da independência), mas era possível e a lei permitia-o. Mais: a lei chegou ao ponto de ser pródiga e permitir que os descendentes dos tais estrangeiros nascidos em Angola, mesmo que nunca tivessem posto os pés naquele país, poderiam requerer também a nacionalidade.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI