Siga-nos

Perfil

Expresso

O insondável silêncio do dr. Luís Amado

  • 333

Luís Amado foi um bom ministro dos Negócios Estrangeiros. Depois, foi defensor público de um Governo do Bloco Central. Tudo qualidades que o recomendaram para “chairman” do Banif. É, pois, muito surpreendente o seu ensurdecedor silêncio sobre a resolução do banco – e, sobretudo, sobre tudo o que se passou até chegar a essa decisão.

O seu ar ponderado, a sua “sagesse”, reforçada pela barba grisalha e bem aparada, fazem com que sempre se espere de Luís Amado uma frase própria de um senador da República ou uma negociação discretíssima mas muitíssimo eficaz para resolver os mais intrincados problemas que tenham de passar pelos grandes areópagos internacionais.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI