Siga-nos

Perfil

Expresso

E agora, dr. Costa?

  • 333

Finalmente, depois de consultar mais de 30 pessoas e de deixar passar longo tempo desde o momento em que foi chumbado o governo do PSD/CDS, o Presidente da República convidou António Costa para ir até Belém e entregou-lhe o caderno de encargos mínimo para o empossar como primeiro-ministro. E o que se pode dizer é que tal caderno é aceitável e descansa a generalidade dos portugueses quando ao futuro. A bola está agora do lado do PS, BE e PCP.

As seis condições que Cavaco Silva colocou a António Costa para este formar governo podem ser contestadas com o argumento de que o Presidente não colocou as mesmas exigências a Pedro Passos Coelho, dando posse ao executivo mais curto da democracia portuguesa.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI