Siga-nos

Perfil

Expresso

A Europa desalinhada

E se nos mexêssemos um pouco?

Nos Estados Unidos, mudar de casa para ir trabalhar para outra cidade é natural. Na Europa, isto assusta um pouco. E na atual crise, esta falta de mobilidade é uma desvantagem, diz um jornalista sueco.

Clique para saber tudo o que se passa na Europa

Ouvimos dizer, muitas vezes, que a zona euro não é aquilo a que se pode chamar uma união monetária ótima. É justo. O valor dos salários é muito rígido, a produtividade e a competitividade diferem muito de país para país, as políticas económicas nacionais impedem qualquer evolução e Bruxelas não é capaz de socorrer os que verdadeiramente precisam.Mas pode uma união monetária ser realmente ótima?Os pequenos países europeus - e somos todos pequenos, incluindo aqueles que ainda não se deram conta de tal - apresentam desequilíbrios regionais importantes, que são mais ou menos atenuados através da transferência [de riqueza] e de subsídios de Bruxelas. Caso contrário, como continuariam unidos o Norte e o Sul de Itália, como é que Flamengos e Valões podem continuar a avançar unidos, como é que o Norrland [Norte da Suécia] sobreviveria sem Estocolmo?