Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Do outro mundo

Luis M. Faria

Coelhinho sem orelhas vai à tv, onde é pisado e esmagado

  • 333
O coelhinho Til viveu apenas dezassete dias, mas morreu famoso. Nascido sem orelhas, era uma estrela natural -- terno, pequeno, fofo, bizarro. Começou logo a fazer a ronda dos programas de televisão na Alemanha. Infelizmente, a celebridade envolve riscos, que mais uma vez se confirmaram. Um cameraman distraíu-se e pisou o coelhinho. Morte instantânea. Desgosto profundo no zoo de Limbach-Oberfrohna, onde vivia Til. Mas ninguém vai pedir indemnização ao cameraman, identificado apenas como Sasha D., talvez para sua segurança. Como castigo já basta o trauma, diz o diretor do zoo, que recusou igualmente ofertas de outros coelhos feitas por criadores. De facto, é uma questão de respeito. Qual de nós gosta de se ver rapidamente substituído? Nem sequer à mesa, quanto mais no emprego ou em casa. A única dúvida que restava ao zoo também parece já estar resolvida: Til vai ser empalhado. E qualquer dia haverá um monumento, como se tem feito para outros notáveis do zoo.