Siga-nos

Perfil

Expresso

Courrier Internacional

O fanatismo de Eugene Terre'blanche

A África de Sul vive momentos de tensão antes do enterro do líder da extrema-direita, assassinado no passado sábado. O Expresso Online disponibiliza um perfil de Eugene Terre'blanche publicado no "Courrier Internacional".

Margarida Mota (www.expresso.pt)

(clique na imagem para ver o documento em formato PDF O Presidente da África do Sul, Jacob Zuma, foi, ontem, à televisão apelar à calma e à unidade nacional. Desde o assassinato do líder do Movimento de Resistência Afrikaner (AWB), de extrema-direita branca, Eugene Terre'blanche, morto sábado passado depois de uma desavença com empregados da sua fazenda, o país vive em clima de tensão.

O funeral de Terre'blanche está marcado para sexta-feira e os seus seguidores, sobretudo na comunidade Boer, prometem vingança. Especula-se sobre a incidência deste caso no desenrolar do Mundial de Futebol marcado para Junho, tanto mais que o AWB já apelou à não comparência das selecções apuradas para a fase final do torneio por alegada falta de condições de segurança.

No sentido de ajudar os leitores a interpretar os acontecimentos, o Expresso Online disponibiliza um perfil de Terre'blanche - "Eterno 'Afrikaner'" -, publicado na edição de Janeiro do "Courrier Internacional". Neste artigo, fala-se da história deste defensor do Apartheid e da sua visão da África do Sul.

O "Courier Internacional", revista associada do Expresso, publicada na última sexta-feira de cada mês, reproduz os melhores artigos da imprensa mundial, seja em versão integral, seja sob forma resumida. O "Eterno 'Afrikaner'" foi originalmente publicado no jornal sul-africano "Mail & Guardian".