Siga-nos

Perfil

Expresso

Courrier Internacional

Fés, crises e polémicas no Courrier Internacional

Derrapagens das religiões é o tema de capa da edição de Maio do Courrier Internacional, que sexta-feira é posta à venda.

Clique na imagem para ver a capa do Courrier Internacional em formato PDF

Clique na imagem para ver a capa do Courrier Internacional em formato PDF

(clique na imagem para ver o documento em formato PDF) Durante anos, a hierarquia da Igreja católica ignorou denúncias de abusos sexuais envolvendo sacerdotes. Na Irlanda ou nos Estados Unidos, por exemplo, repetiu-se o mesmo padrão: se a paróquia queria investigar, o bispo tentava abafar o caso. Se era o próprio bispo a pedir a intervenção do Vaticano, era na Cúria romana que o assunto morria.

Até que o escândalo rebentou e atingiu a dimensão que todos conhecem, pondo em caso o actual Papa, quer pelo que (não) fez agora, quer pelo que deixou calar enquanto cardeal e responsável pela Congregação para a Doutrina da Fé.

O alarido mediático é uma campanha contra a Igreja católica? Em parte! Mas, ou esta mostra firmeza e consegue investigar as denúncias e punir os infractores de forma exemplar, ou perde, irremediavelmente, credibilidade.

Islamismo e ultra-ortodoxos não escapam às críticas 

Mas a verdade é que as outras grandes religiões também não parecem conseguir escapar às suas cruzes. À sombra do islamismo têm prosperado estados teocráticos e misturas inaceitáveis entre a lei religiosa e a lei civil.

Invoca-se (em vão) o Corão para justificar guerras nada santas e aliciar crentes, não só para o seu próprio martírio, como para o de um cortejo de inocentes. Começam, apesar de tudo, a surgir vozes autorizadas condenando estas distorções.

E que dizer da leitura ultra-ortodoxa do judaísmo, tal como é praticada por sectores minoritários (mas subsidiados pela colectividade) da sociedade israelita? Um mundo à parte, onde os maus-tratos de crianças e a violência sobre as mulheres são quotidianos.

Séries de TV e eleições britânicas

Na edição de Maio do Courrier Internacional saiba também como a Internet e o humor marcaram presença na campanha eleitoral britânica, ou como os anti-heróis das séries de TV estão em risco de desaparecer. Conheça como vivem hoje os Sioux em Wounded Knee, o local da última batalha dos índios norte-americanos em defesa dos seus territórios ancestrais.