Siga-nos

Perfil

Expresso

Chamem-me o que quiserem

O que eu gostava de ouvir Costa explicar

  • 333

Sinceramente, acho muito despropositado o tempo que se gasta a discutir frivolidades, como possíveis candidaturas (refiro-me à de Paulo Portas bem como a outras que não temos a certeza de existirem) ou se há arranjos e arranjinhos depois das eleições. Eu já percebi que o líder do PS quer a maioria absoluta; quase todos já percebemos que não a terá. Isso não é caso para o obrigar a falar de hipóteses de coligação, mas há acontecimentos, atuais e relevantes, cuja opinião do líder da Oposição desconhecemos

Henrique Monteiro

Henrique Monteiro

Redator Principal

De Passos Coelho sabemos tudo. Basta dizer que todos dizem que ele está de acordo com Merkel, sempre - o que ele nem sequer desmente de forma convincente - para termos a resposta às perguntas que possamos colocar-lhe. Mas perante dois acontecimentos que esta semana agitam a Europa, de Costa (e restante oposição) nada se ouve (e ninguém lhes pergunta). Refiro-me à indemnização pedida por Atenas a Berlim e à viagem de Tsipras a Moscovo.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI