Siga-nos

Perfil

Expresso

Chamem-me o que quiserem

Divórcios: Carrilho vs Carreira

Há mais de um século que associamos Educação a conduta cívica irrepreensível e Cultura a comportamentos dignos. Uma pessoa educada e culta não procede da forma comum que outras agem, por não terem, por falta de oportunidade, nem essa educação nem essa cultura. Pois bem: os divórcios do professor e filósofo Manuel Maria Carrilho e do cantor romântico Tony Carreira desmentem tais afirmações

Henrique Monteiro

Henrique Monteiro

Redator Principal

Carrilho é filho de pessoas da classe média alta. Nasceu em Viseu, o seu pai foi Governador Civil e presidente da Câmara. Estudou Filosofia em todos os graus e tornou-se professor universitário com obra publicada e traduzida. Casou com Bárbara Guimarães, oriunda da classe média alta, apresentadora televisiva de sucesso e cara bonita da televisão. Carreira nasceu na Pampilhosa da Serra, foi emigrante, começou a cantar há 26 ou 27 anos e tem uma carreira de sucesso junto de pessoas de classe média baixa. As suas músicas são simples, apelam ao amor e entram no ouvido. É uma espécie de Marco Paulo moderno. A sua mulher, Fernanda Antunes, geria-lhe (e gere-lhe) o sucesso.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI