Siga-nos

Perfil

Expresso

Chamem-me o que quiserem

A TAP e o bando de avestruzes

Dizem que as avestruzes metem a cabeça na areia, quando não querem enfrentar uma realidade adversa. Penso que há muita gente a fazer como as avestruzes no que toca à TAP

Henrique Monteiro

Henrique Monteiro

Redator Principal

Em primeiro lugar, há quem diga (Helena Roseta, ontem na SIC N; Mariana Mortágua, hoje no Expresso) que a requisição civil decidida pelo Governo é a prova de que a TAP não é uma empresa qualquer, mas sim uma empresa estratégica. Excelente conclusão, mas daí o que se retira? Que por ser estratégica não pode ser privatizada? Vamos falar de empresas estratégicas privatizadas? EDP, REN, GALP... Algumas como a REN (ou a GALP nas refinarias) nem concorrência têm.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI