Siga-nos

Perfil

Expresso

As birras europeias de PS e PSD

Marcelo Rebelo de Sousa considerou um “erro histórico” se o nosso Parlamento não manifestasse o seu apoio à iniciativa ‘Pesco’ (Cooperação Estruturada Permanente) das Forças Armadas da Europa. Para o Presidente, que está, do meu ponto de vista, carregado de razão, o problema foi de suscetibilidades. Eu, que não sou presidente de nada, graças a Deus e para felicidade da Pátria, diria ‘birras’. Em suma, o BE e o PCP são contra, porque sim; o PSD e o PS são a favor, mas nenhum cedia no texto de resolução que o outro apresentava

O Bloco e o PCP são contra a NATO e contra a Pesco e contra tudo o que meta militares que não sejam cubanos, venezuelanos ou de outras origens estranhas. Estão no seu direito. O PS ao estabelecer a ‘geringonça’ já o sabia. Acontece que o Pesco entra no radar daquilo que a extrema-esquerda deve considerar qualquer coisa imperialista, militarista ou outro ‘ista’ qualquer e põe-se de fora.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)