Siga-nos

Perfil

Expresso

As 31 sombras de Sócrates

À medida que escrevo estas linhas vão caindo alertas sobre Sócrates: 31 acusações – três de corrupção passiva; 16 de branqueamento de capitais; 9 de falsificação de documentos e três de fraude fiscal qualificada. O Ministério Público sustenta que ele terá acumulado 24 milhões de euros na Suíça e que terá sido subornado por Ricardo Salgado. Isto é uma acusação, sublinhe-se, não são factos comprovados para além de qualquer dúvida, como uma sentença. Mas é uma acusação que ninguém, menos um político, poderia ter sem qualquer fundamento a menos que vivêssemos num Estado totalitário ou sem equilíbrio de poderes

O erro, neste caso, foi da defesa de Sócrates. Durante meses e anos disseram que as acusações eram vagas e sem nexo. Que se falava muito mas não se acusava nada de concreto. Pois bem: o que aí está é bem concreto.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)