Siga-nos

Perfil

Expresso

“Estamos metidos num grande sarilho”

(para Henrique Medina Carreira, um grande otimista que achava que isto podia ainda sempre piorar) A frase do título era do ontem falecido Medina Carreira, que foi ministro do PS e depois crítico constante das políticas seguidas pelo mesmo PS e, no geral, por toda a gente neste país. Serve, às mil maravilhas, para a situação atual do país e, particularmente, do Governo. É que, depois de meses de glória, chegou o tempo das tragédias. É sempre assim

Mas a frase serve, igualmente, para a Oposição. Esta, em vez de estar focada no combate mais produtivo que poderia desenvolver contra o atual Governo, continua praticamente inexistente. Aparece Assunção Cristas, que com atividade talvez excessiva para a dimensão que tem. De resto, pouco mais.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)