Siga-nos

Perfil

Expresso

É o turismo, estúpidos!

Muita gente já percebeu e mais ainda vai ter de perceber. Portugal não pode viver como um fidalgo arruinado, fingindo que depende apenas de si próprio. Nada disso. O fantástico crescimento do PIB no primeiro trimestre deste ano (2,8%, na homóloga) deve-se, diz o INE, fundamentalmente às exportações e, entre as exportações, a de serviços, sendo que esta é dominada, essencialmente, pelo turismo

Por isso, caros concidadãos, nomeadamente ó sacrificados dos centros de Lisboa e Porto (além de outras cidades) pensem um pouco. Podem exigir o que quiserem desde que tal não ponha em causa o verdadeiro afluxo de turistas que começámos a ter. Por isso, senhor Governo faça as regulamentações que quiser desde que isso não ponha em causa o turismo. Tuk-tuk, Uber, venda ambulante? Ok. Milhares de pessoas abandonaram situações desesperadas por causa disso mesmo. Se o senhor doutor ou o senhor morador há muitos anos no bairro se sente incomodado pelo barulho e o excesso de gente, pense nisto. Ou então viaje até Florença, para ver o que é uma enchente (embora em certos locais andemos lá perto).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • O melhor resultado do PIB em 10 anos

    Economia nacional cresceu 2,8% nos primeiros três meses do ano. É o melhor resultado dos últimos 10 anos e deve-se sobretudo ao aumento das exportações e do investimento

  • A economia portuguesa cresceu 2,8% no primeiro trimestre de 2017 face ao mesmo período do ano passado. Comparando com o trimestre anterior cresceu 1%, segundo o Instituto Nacional de Estatística