Siga-nos

Perfil

Expresso

França: o maior dos irritantemente otimistas sou eu

Vou ser otimista, mas mesmo muito otimista com as eleições francesas. E espero, domingo à noite estar a gozar o meu otimismo e a troçar do alívio da maioria apreensiva que me rodeia. Acho que Marine Le Pen não fica em primeiro lugar na primeira volta – e para ser ainda mais otimista, acho que é ultrapassada por Fillon. Em primeiro ficará Macron, que apesar de não dar quaisquer garantias vai ser um Presidente exemplar, capaz de retomar o mais são dos espíritos europeus

Hamon não tem hipótese, já se vê, e Mélenchon, embora sempre a subir nas sondagens nas últimas semanas, fica encostado a Marine, os dois sem saber o que dizer, ao verificarem que ambos os anti-Europa ficam fora da corrida. Macron derrota Fillon na segunda volta e o segundo teste – o primeiro foi a Holanda – é passado com distinção.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)