Siga-nos

Perfil

Expresso

Londres: o que nos vão dizer

Pronto. Mais um. Quatro mortos e dezenas de feridos; sete detidos por suspeita de envolvimento. Foi mais um, em Londres, um ano exato depois de em Bruxelas, no aeroporto, 35 mortos e cerca de 300 feridos. No 14 de Julho, festa da Revolução Francesa, houve 84 mortos e dezenas de feridos, mais de uma dúzia deles em estado muito grave. E há disto todos os dias pelo Afeganistão, pela Síria, pelo Iraque. E na Turquia e por todo o lado

Vão-nos contar as causas de todos estes acontecimentos, em vários tons e timbres, em diversos modos, uns mais dubitativos, outros mais assertivos. E vão-nos relacionar tudo isto com o Daesh, com a guerra na Síria, com a imigração muçulmana, com o islamismo radical ou com qualquer pessoa que se chame Yussuf ou Mahamud.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)