Siga-nos

Perfil

Expresso

O PS e os outros

Tendo em conta a mudança política nos EUA tudo parece demasiado mesquinho e ridículo para ser abordado. Nomeadamente um pequeno país europeu cuja política pouco influi onde quer que seja. Mas é o país que temos e eu tenho de escrever estas linhas antes de Trump tomar posse, apesar de muitos as irem ler (ou ver) depois da posse de Trump. Dedico-me, pois, à relação do PS com os seus aliados e com os seus adversários

O PS aliou-se aos seus adversário BE e PCP e hostilizou o seu parceiro necessário para alterações de fundo no país – esse foi sempre o PSD. As revisões constitucionais, as leis mais importantes, os organismos mais decisivos (e mesmo alguns como a ERC que, caso não existissem, podia ser benéfico) dependeram sempre dos votos conjugados do PS e do PSD. Porém, ao ter acontecido o que nunca seria esperado acontecer – o PSD e o CDS vencerem as eleições depois de quatro anos de austeridade, ainda que sem reformas concludentes – o PS teve de virar-se para a sua esquerda e engolir alguns sapos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)