Siga-nos

Perfil

Expresso

Agradecer aos taxistas e interrogar o ministro

  • 333

Perguntava ontem, na SIC, o meu camarada de profissão e amigo Miguel Sousa Tavares se os taxistas teriam consciência da má imagem que estavam, e estão, a dar deles próprios. Respondo como sei: parece-me que não. Para eles, que se acham revestidos de uma razão que o país sempre lhes deu, é inacreditável que o seu mundo possa mudar ou mesmo terminar

Pergunto eu, hoje, se o ministro do Ambiente, apesar de as suas posições ponderadas sobre o assunto, tem ideia do mal que faz ao país ao negociar com uma classe cujos dirigentes estavam nesse momento a cometer um crime público. E acho que a resposta é mais ou menos a mesma: o ministro não tem essa ideia, como a ministra do Mar não a teve quando fez inúmeras cedências aos estivadores em greve.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)