Siga-nos

Perfil

Expresso

O jornalista que não conhecia Marcelo

  • 333

Há anos, não me consigo lembrar quantos, mas foi na década de 80 (e portanto, sem dúvida, no século passado) tive a oportunidade de acompanhar o Presidente da República, que na altura era Mário Soares, a uma Assembleia Geral da ONU. Na época, Portugal tinha um problema próprio e mal compreendido – a independência de Timor-Leste – e de resto acompanhava a Europa ocidental (o muro de Berlim não tinha caído) na maioria, senão em todos, os assuntos

Soares conseguiu (é o termo) dar uma entrevista ao The New York Times onde falou do país e da questão de Timor. Lembro-me de uma discussão subsequente entre jornalistas a propósito do destaque da entrevista, que não tinha nem uma pequena chamada na primeira página. Recordo que eu achava isso absolutamente normal. O NYT tinha as notícias nacionais e as da cidade e do Estado e algumas internacionais bem mais importantes do que a entrevista a um Chefe do Estado que, apesar de ser Soares (na altura ainda recordado nos EUA como herói da luta contra os comunistas), vinha de um pequeno país. Que destaque daríamos ao chefe do Estado do Paraguai, ou de um país assim? Eis a minha interrogação que deixava alguns camaradas de profissão furiosos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)