Siga-nos

Perfil

Expresso

Pequenas faíscas, grandes incêndios

  • 333

Diz o meu camarada de profissão e velho amigo Daniel Ribeiro, do seu privilegiado posto de observação,Paris, que a unidade nacional francesa contra o terrorismo esboroou-se, depois do atentado de ontem à noite em Nice. Discute-se isto e aquilo sobre o plano de segurança. Culpa-se o Governo, Hollande, a polícia. Ou seja, o terrorismo e a extrema-direita ficam a ganhar

Já não há palavras que cheguem para condenar os bandidos ao serviço dos radicais islâmicos. Já não há palavras para lembrar que a Arábia Saudita tem uma enorme responsabilidade em tudo. Já não há palavras para nada, salvo manter a tecla essencial: façamos a nossa vida; não tenhamos medo! Não abdiquemos dos nossos valores.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)